NOSSO BLOG

Fique por dentro das novidades

Blog detail

ROTA PRECIOSA - As riquezas e belezas argentinas na Tríplice Fronteira



Foz do Iguaçu é considerada um dos destinos mais procurados do Brasil e do mundo, segundo o TripAdvisor. Atraindo turistas do mundo todo, o ponto turístico mais aclamado é uma das 7 maravilhas do mundo, as Cataratas do Iguaçu, que fica na divisa entre Brasil e Argentina. 

Falando em Argentina, nossos hermanos também são muito queridos pelos viajantes que visitam nossa região, e não é para menos, o território Argentino possuem uma incrível história e surpreendente cultura, que podem ser facilmente apreciadas bem pertinho de Foz do Iguaçu. Prepare-se para conhecer a rota preciosa argentina que agrada todos que visitam a Tríplice Fronteira.

MINAS DE WANDA

ROTA PRECIOSA - As riquezas e belezas argentinas na Tríplice Fronteira

Histórico

As Minas de Wanda é resultado de um derramamento de lava vulcânica a milhares de anos que rompeu o grande maciço cristalino de Brasília/BRA e chegou até a Isla Martín García/ARG. A lava não foi expelida para a superfície, mantendo-se subterrânea, entrando em contato com a água e silício. Ao entrar em contato com água, formou bolhas de ar nas rochas e devido ao calor e pressão, as moléculas ordenadamente entrarão em processo de cristalização, formando as pedras preciosas.

O nome Wanda é oriundo da colonização polonesa no local, homenageando a princesa Wanda, filha do rei polaco Krakus – o fundador de Cracovia.

Pé na estrada!

Saindo de Foz do Iguaçu, mais precisamente do Tarobá Hotel – o melhor 3 estrelas da região, o tempo de viagem é de aproximadamente 1h6min com trânsito normal, sendo 60.9km de distância até as minas. A respeito das rodovias, fique tranquilo, a estrada é muito bem pavimentada. 

Roteiro do Passeio

Chegando as Minas de Wanda, você é levado por um guia bilíngue para conhecer uma antiga área de exploração a céu aberto que, para preservação da qualidade das pedras já não possuem atividades de exploração e extração.

Ao chegar nas minas subterrâneas, os turistas costumam sentir certo desconforto devido à pouca luminosidade na entrada do túnel, mas ao adentrar um pouco mais, é possível encontrar algumas relíquias, podendo prestigiar o brilho e contraste das 52 variedades de pedras preciosas a 200 metros abaixo da superfície. As explosões para mineração das pedras trazem uma emoção a mais nos turistas, já que em cada detonação surge a surpresa de qual pedra será encontrada.

Após a exploração e extração das pedras, elas são separadas e encaminhadas para um centro gemológico, no qual serão avaliadas e transformadas em joias e artigos de decoração.

No final do passeio você encontrará um Museu de Pedras, que expõe e vende as joias e artigos provenientes dos minérios preciosos das Minas de Wanda, que atrai um público grande. Cada pedra possui algumas propriedades e simbologias, como é o exemplo da ametista – conhecida pela troca de energias negativas em positivas, ou o cetrino – uma pedra que traz abundâncias.

Ainda é possível realizar uma curta trilha até uma tribo indígena local e expandir sua experiência nas Minas de Wanda. No final do passeio, deguste os belos pratos argentinos em um restaurante local.

Agenda, valores e documentos

O passeio todo é de tempo médio de 1h30min e o agendamento deve ser feito com ao menos 1 dia de antecedência (caso não haja reservas, será verificado disponibilidade). 

Cuidado com relação aos documentos! Todos os visitantes devem estar portando documentos originais com foto (RG ou Passaporte), em boas condições e dentro da validade (10 anos de expedição).

Carteiras profissionais como OAB, CRM e Militares não são aceitos, apenas os documentos supracitados.

Visitantes menores de 18 anos devem estar acompanhados dos pais ou tutores, caso contrário deverá possuir documento judicial de autorização de fronteira.

As vestimentas também são importantes! Utilize roupas simples e leves, como uma calça e camiseta comum. Opte por calçados fechados e aderentes.

O passeio para as Minas de Wanda ocorre todos os dias, das 8:00 as 18:00 e o valor é de aproximadamente 50 pesos por pessoa. Os valores e horários para visitação podem diferir de uma agência para outra. IMPORTANTE: o passeio é para ao mínimo 2 pessoas, caso o passeio seja individual, será o cobrado o valor de duas entradas.

RUÍNAS DE SAN IGNÁCIO MINÍ

ROTA PRECIOSA - As riquezas e belezas argentinas na Tríplice Fronteira

Histórico

San Ignácio Miní foi construída em meados de 1687, um assentamento de índios liderados por padres jesuítas, considerado o maior grupo de todos os 30 que existirão.Os grupos eram chamados de reduções e ocupavam um território que atualmente conhecemos como parte do noroeste do Rio Grande do Sul, parte do Paraguai e parte da Argentina.

A antiga redução onde hoje só se resta as ruínas, chegou a ter 7.400 moradores guaranis, no qual algumas casas possuiam até 5 famílias cada.

A administração era delegada aos padres e cacifes locais, formando o Cabildo - nome dado às corporações municipais intituídas na América Espanhola durante o período colonial que se encarregavam da administração geral das cidades coloniais.

Em posição geográfica privilegiada, San Ignácio Miní começõu a ser construída em 1735, levando 10 anos para sua conclusão. As construções foram erguidas para durarem entre as décadas, resistindo a invasões, incêndios, tempestades e a própria intervenção humana.

As ruínas de San Ignácio Miní foram declaradas em 1983 pela UNESCO, como Patrimônio Mundial da Humanidade, e hoje é protegida pela Legislação Federal por todos os 37 hectares de área.

Lá vamos nós!

Agora que sabe um pouco sobre a história das ruínas de San Ignácio Miní basta colocar as mochilas no carro e ir para a aventura. Saindo do Tarobá Hotel são 252km de distância, dando aproximadamente 3h18min de viagem. As rodovias argentinas são bem pavimentadas e sinalizadas, porém o tempo de viagem pode variar conforme o trânsito.

Roteiro do Passeio

Chegando as ruínas de San Ignácio Miní você encontrará uma recepção. Lá poderá assistir a um vídeo de apresentação e ainda pode contratar os serviços de um guia, indispensável para você aproveitar por completo seu passeio.

Dentro do sítio arqueológico você poderá visitar o Museu Lúcio Costa e desfrutar das obras artísticas indígenas, que diferem do padrão europeu. O estilo barroco aplicado pelos indígenas é notado nas esculturas dos santos, onde os rostos eram mais redondos, trazendo maior semelhança com os rostos indígenas.

Na parte da noite os visitantes podem assistir ao Espetáculo Som e Luz. As ruínas são iluminadas especialmente para a dramatização nas vozes de Fernanda Montenegro entre outros grandes artistas brasileiros. O espetáculo acontece todos os dias e não é interferido devido as condições climáticas, iniciando as 21:00 tendo uma duração de 48min. A entrada custa R$ 5,00.

As ruínas de San Ignácio Miní estão abertas para visitação todos os dias, incluindo finais de semana e feriados. Os horários são das 9h às 18h, mas o funcionamento no horário de verão é estendido até as 20h. O valo da entrada é de R$ 5,00.

Vestimentas, documentos e acessórios

Como o local é aberto e o clima é normalmente subtropical na região, aconselhamos o visitante ir com roupas confortáveis e básicas: uma camiseta, uma calça ou shorts e calçados de preferência fechados e sem salto. Verifique as condições climáticas para a data de sua visita. Leve consigo repelente de insetos, protetor solar, água mineral e chapéu/boné. Interessante já ter pesos argentinos ($ ARS) para refeições e compras das lembrancinhas.  

Em relação aos documentos, para brasileiros a burocracia é mais simples. Leve consigo documentos originais, válidos (até 10 anos de emissão) e com foto (RG ou passaporte). Carteiras profissionais como OAB, CRM e Militares não são aceitas. Crianças com idade de até 5 anos não pagam se acompanhadas dos pais. Menores de idade desacompanhados dos pais ou tutores, deverão possuir documentação judicial de autorização de fronteira autenticada em cartório.

Canadenses e Australianos deverão antecipadamente pagar uma taxa de reciprocidade para entrarem na Argentina. Maiores informações pelo site: http://reciprocidad.provincianet.com.ar

ROTA PRECIOSA - As riquezas e belezas argentinas na Tríplice Fronteira

Agora que você já tem todas as informações necessárias para aproveitar ao máximo sua visita a Argentina e a Tríplice Fronteira, garanta sua estadia no melhor hotel 3 estrelas da região – Tarobá Hotel. Garantimos o seu conforto com a máxima qualidade e a melhor economia! Entre em contato conosco e reserve o quarto que melhor atende suas necessidades. Conte conosco sempre!