As melhores dicas para compras no Paraguai: Um guia completo

Você já se imaginou em uma viagem de compras tão incrível que se transforma em um passeio? Pois é exatamente isso que o Paraguai, com sua infinidade de lojas e shoppings, tem a oferecer. Neste guia completo, vamos das melhores dicas para compras no Paraguai, garantindo que sua visita seja um verdadeiro sucesso.

Conhecendo o básico para aplicar as dicas de compras no Paraguai e Argentina

Desde 1º de janeiro de 2020, o limite de compras no exterior aumentou para 500 dólares por pessoa em viagens terrestres. Esse limite é único, aplicando-se mensalmente. Se, por exemplo, gastar 300 dólares no Paraguai, terá 200 dólares disponíveis para compras na Argentina pelo restante do mês.

Além disso, o limite de 500 dólares abrange uma variedade de produtos, desde cosméticos até eletrônicos, incluindo celulares, câmeras e relógios. A desculpa de “uso pessoal durante a viagem” não isenta esses itens em viagens terrestres, ao contrário das viagens aéreas.

Mas é preciso tomar cuidado. Se suas compras ultrapassarem a cota isenta de 500 dólares, será necessário pagar impostos sobre o excesso. Ou seja, ao comprar um celular de 600 dólares, o imposto seria de 50 dólares (50% sobre o excedente). Esse imposto deve ser pago nos postos de fronteira do Brasil na Ponte da Amizade (Paraguai) e na Ponte Tancredo Neves (Argentina).

Dicas úteis: Fiscalização e pontos de controle das compras no Paraguai e Argentina

A fiscalização das compras no Paraguai e Argentina não é sistemática, mas ocorre em pontos de controle. Assim, caso ultrapasse a cota, pode enfrentar multa de 100% sobre o excedente.

Além disso, mesmo em voos domésticos, todas as bagagens passam pelo raio X antes do check-in. Se suspeitarem que ultrapassou a cota, suas mercadorias serão retidas. Por outro lado, em caso de viagens terrestres, carros podem ser parados para vistoria, e mercadorias além da cota serão retidas.

Dicas para compras no Paraguai

Explorar as ofertas de Ciudad del Este, no Paraguai, pode ser emocionante, mas também desafiador. Aqui estão algumas dicas essenciais para garantir uma experiência de compras positiva:

1. Planejamento antecipado

Faça uma lista do que pretende comprar e pesquise preços antes de atravessar a fronteira. Além disso, considere a reputação das lojas e prefira aquelas recomendadas por guias confiáveis.

2. Atenção aos horários

Conheça os horários de funcionamento das lojas, que geralmente operam de segunda a sábado, das 8h às 17h, com alguns shoppings funcionando até mais tarde. Durante o horário de verão paraguaio (outubro a março), o horário é alinhado com o brasileiro.

Por outro lado, evite domingos para compras, pois muitas lojas podem estar fechadas ou operar em horário reduzido.

3. Leve dólares em espécie

Quando falamos da moeda, embora reais sejam aceitos, a cotação não é vantajosa. Levar dólares em espécie é a opção preferida para garantir boas negociações.

4. Evite compras por curiosidade:

Não atravesse a fronteira apenas por curiosidade. Visite o Paraguai com a intenção clara de fazer compras. Isso se deve a algumas razões específicas:

Ambiente agitado:

Ciudad del Este, especialmente nas áreas de comércio intenso, pode ser bastante movimentada e até mesmo caótica. Ou seja, comprar por curiosidade pode levá-lo a áreas desconhecidas e aumentar o risco de se sentir desconfortável ou perdido.

Foco nas compras planejadas:

Ao evitar compras por curiosidade, você mantém o foco nos itens que realmente deseja comprar. Assim, isso ajuda a utilizar o tempo de forma mais eficiente, aproveitando as ofertas que foram pesquisadas previamente.

Riscos de produtos de baixa qualidade:

Em áreas menos conhecidas, pode haver lojas que oferecem produtos de qualidade duvidosa. Focar em estabelecimentos recomendados minimiza os riscos de adquirir mercadorias de baixa qualidade ou até mesmo falsificações.

No geral, a ideia é encorajar os visitantes a abordarem as compras no Paraguai de forma mais estratégica, aproveitando ao máximo o tempo e minimizando possíveis contratempos. Fazer compras com um propósito claro também contribui para uma experiência mais positiva e satisfatória.

5. Precauções com eletrônicos

Antes de finalizar qualquer compra de eletrônicos, realize testes minuciosos para assegurar que os produtos funcionam corretamente. Essa precaução é essencial para evitar problemas futuros e garantir que você adquira produtos em perfeitas condições de uso.

6. Compras em grandes lojas

Opte por realizar suas compras em estabelecimentos estabelecidos e de maior porte. Embora os preços possam ser ligeiramente mais elevados, a segurança e garantia oferecidas por grandes lojas proporcionam uma experiência de compra mais confiável e protegida.

7. Guia de compras

Ao contar com a assistência de um guia durante suas compras, siga suas orientações. Mesmo que haja um interesse comercial envolvido, os guias podem fornecer informações valiosas sobre as melhores opções de compra, locais confiáveis e práticas de negociação. Aproveite a experiência e conhecimento local que um guia pode oferecer.

8. Cuidado com ofertas irresistíveis

Desconfie de ofertas que parecem ser excessivamente boas para serem verdadeiras. Produtos com preços significativamente baixos podem ser indicativos de falsificações ou qualidade duvidosa. Exercite o bom senso e evite cair em armadilhas, priorizando a qualidade sobre ofertas mirabolantes.

9. Documentação necessária

Certifique-se de estar portando seu RG ou passaporte durante suas compras, pois esses documentos podem ser solicitados durante fiscalizações eventuais. Estar preparado com a documentação adequada facilita o processo e evita contratempos desnecessários.

10. Tour de compras

Considere participar de um tour de compras como uma opção tranquila e orientada. Esses passeios organizados podem proporcionar uma experiência mais fluida, levando você a lojas recomendadas e evitando possíveis inconvenientes. Além disso, guias especializados podem oferecer insights valiosos sobre as melhores ofertas disponíveis.

11. Cuidados com crianças

Mantenha uma atenção especial às crianças durante as compras, especialmente em áreas movimentadas. Manter os pequenos próximos ajuda a evitar contratempos e garante a segurança de todos durante a experiência de compra.

12. Respeite as regras aduaneiras

Esteja ciente dos limites de compras permitidos para evitar problemas com a fiscalização. Respeitar as regras aduaneiras é fundamental para uma experiência de compras livre de complicações e para garantir o cumprimento das regulamentações locais.

Ao seguir essas dicas, você estará melhor preparado para desfrutar das compras no Paraguai, aproveitando as oportunidades e minimizando os possíveis contratempos. Portanto, lembre-se de manter um equilíbrio entre a empolgação das compras e a prudência nas decisões.

O que não pode comprar e trazer para o Brasil?

Alguns produtos são proibidos e podem ser confiscados na aduana, os mais comuns costumam ser os seguintes:

  • Produtos destinados à revenda, ao uso industrial ou uso ilegal;
  • Cigarros ou bebidas, produzidos no Brasil e destinados à venda no exterior;
  • Cigarros de marca não comercializada no país de origem;
  • Brinquedos e réplicas de armas de fogo;
  • Animais contrabandeados da selva ou comprados ilegalmente;
  • Produtos assinalados com marcas falsificadas, alteradas ou imitadas.

Para saber a lista dos produtos mais apreendidos, você pode consultar a Receita Federal para tirar suas dúvidas.

Dicas úteis: Mas como atravessar a fronteira para fazer compras no Paraguai?

A travessia da fronteira para fazer compras no Paraguai, especialmente saindo de Foz do Iguaçu, Brasil, pode ser feita de várias maneiras. Abaixo estão algumas opções com informações relevantes:

A pé ou de mototáxi

Caso o trânsito esteja parado na Ponte da Amizade, é possível atravessar a pé. A caminhada leva aproximadamente 20 minutos. Também é possível optar por um mototáxi, que cobra uma taxa para levar você à outra extremidade da ponte.

De ônibus de linha

Existe uma linha regular de ônibus entre Foz do Iguaçu e Ciudad del Este, operada por empresas paraguaias. Assim, os ônibus saem da rodoviária de Foz e fazem parada no ponto da Avenida Juscelino Kubitschek em frente ao TTU. A tarifa é geralmente acessível, e o percurso leva cerca de 40 minutos.

De carro próprio

Se estiver com carro próprio, é possível atravessar a fronteira dirigindo. No entanto, algumas locadoras de carros podem ter restrições em relação à travessia para o Paraguai, então é importante verificar as políticas da locadora antes de planejar.

Com tour de compras

Participar de um tour de compras é uma opção recomendada por oferecer conveniência e orientação. Geralmente, esses passeios incluem traslados do hotel para as lojas recomendadas, reduzindo possíveis desconfortos durante a experiência de compras.

Independentemente do meio escolhido, é essencial estar ciente das regras de imigração, portar a documentação necessária para entrar no Paraguai ou Argentina, como RG ou passaporte, e seguir as orientações locais para garantir uma travessia tranquila e segura.

Além das dicas de compras: Opções de hotéis no Paraguai

Ao encerrar suas compras, considere o conforto e a conveniência do Tarobá Hotel em Foz do Iguaçu. Com quartos ajustáveis, café da manhã e uma piscina maravilhosa, o Tarobá Hotel oferece o cenário perfeito para relaxar após um dia movimentado.

Para conhecer nosso Hotel, acesse: Tarobá Hotel

Se hospede em Foz do Iguaçu em um dos nossos hotéis

Passeios e hotéis exclusivos com DESCONTOS E SORTEIOS!

Junte-se a viajantes que economizaram com a Combo Iguassu e vieram para Foz pagando menos.
Agora é sua vez de aproveitar!

(function(w,d,u){ var s=d.createElement('script');s.async=true;s.src=u+'?'+(Date.now()/180000|0); var h=d.getElementsByTagName('script')[0];h.parentNode.insertBefore(s,h); })(window,document,'https://cdn.bitrix24.com.br/b13507419/crm/form/loader_284.js');
Converse com a gente