NOSSO BLOG

Fique por dentro das novidades

Curiosidades que você precisa saber sobre a Itaipu Binacional



A Usina Hidrelétrica de Itaipu ou Itaipu Binacional, como preferir chamar, é uma grandeza tanto em importância para nós e em tamanho.

O que as pessoas sabem sobre ela se resume geralmente em: onde ela fica, o que ela interfere em nossa vida e que dá para fazer passeios dentro dela, mas é muitos mais do que isso, portanto, para facilitar e instigar ainda mais o seu passeio na Usina Hidrelétrica de Itaipu, que eu sei que você vai fazer quando vier a passeio em Foz do Iguaçu.

Então vamos ás curiosidades

-O nome “itaipu” tem origem na língua tupi-guarani e significa “pedra que canta”.

-A Itaipu Binacional, como já diz o nome, é uma entidade Binacional, pertencente à República Federativa do Brasil e à República do Paraguai. Os países possuem a mesma participação na entidade: a Eletrobras possui 50% e a Administración Nacional de Eletricidad com outros 50%, representa Brasil e Paraguai.

-Estudos geológicos apontam uma vida útil de no mínimo 200 para a Itaipu Binacional.

-Itaipu Binacional deu-se início em um planejamento, na década de 60, no entanto, sua construção só deu início na década de 70 e a última unidade geradora foi instalada em 2007.

-A Usina Hidrelétrica de Itaipu iniciou a geração de energia em maio de 1984.

-A quantidade de concreto usado para construir e Usina Hidrelétrica de Itaipu poderia construir 210 estádios do tamanho do Estádio do Maracanã.

Curiosidades que você precisa saber sobre a Itaipu Binacional

(Foto: Produzida por Tarobá Hotel)

-O Aço e ferro que foram usados para construir a Usina de Itaipu seria suficiente para construir 380 Torres Eiffel.

-A Itaipu Binacional é líder mundial em produção de energia limpa e renovável, tendo produzido mais de 2,5 bilhões de MWh desde o início de sua operação.

-A construção envolveu diretamente mais de 40 mil trabalhadores.

-A Usina Hidrelétrica de Itaipu trouxe milhares de novos trabalhadores do Brasil inteiro para a cidade de Foz do Iguaçu, para residir essas pessoas, foi necessário a construção de residências, assim deu início aos bairros mais antigos de Foz: Vila A, Vila B e Vila C.

Cada uma destinada a cargos diferentes de trabalhadores, quando melhor o cargo, maior e melhor a moradia.

Vila A: destinada aos técnicos de nível médio e setor administrativo, com inicialmente 2.200 casas.

Vila B: destinada aos trabalhadores da engenharia e chefia da Itaipu, com inicialmente 221 casas.

Vila C: destinada aos barrageiros e trabalhadores da construção direta, com inicialmente 2.900 casas.

-A Itaipu Binacional contribui grandemente para o turismo de Foz do Iguaçu, desde a abertura, já recebeu mais de 16 milhões de visitantes.

-A vazão de cada uma das turbinas da usina é de 700 m³ de água por segundo, isso é cerca de metade da vazão média que encontramos nas Cataratas do Iguaçu.

-Pelo desvio do rio Paraná para ser possível a construção da barragem de Itaipu levou os especialistas e terem pouco tempo para recolher as espécies de plantas e animais habitantes do local, para que estes não de perdessem ou morressem. Essa operação foi chamada de “Mmba Kuera” ou “Pega bicho” em guarani.

-Foi criado o Refúgio Biológico Bela Vista, hoje atrativo da cidade, que reúne hospital veterinário, zoológico, quarentena, educação ambiental, centro de pesquisa para a produção de novas mudas florestais e muito mais para cuidas das espécies de animais e plantas que chegavam.

Essas são algumas das curiosidades e fatos que em sobre Usina Hidrelétrica de Itaipu. Isso e muito mais você pode encontrar diariamente no blog do Tarobá Hotel.

Fique de olho no nosso blog, aqui te atualizamos sobre passeios e facilidades em Foz do Iguaçu e o turismo local.

Espero que tenha gostado de saber um pouco mais sobre esse atrativo especial e que com certeza vai fazer parte do seu roteiro de passeios em Foz.

Atendimento pelo Whatsapp
Aguarde